52 pontos: como funciona a legenda do diário em tópicos

como funciona a legenda de um diário em tópicos?

são tantas perguntas envolvendo um diário em tópicos, que a gente pode passar horas falando sobre isso e ainda assim vai ficar com cara de tela azul do Windows na hora de sentar com o caderno e a caneta na mão. depois do índice, outra pergunta muito comum e que gera essa sensação de ‘PAN!’ é: como funciona a legenda? se a gente levar em consideração o modelo original, criado pelo mozão Ryder Carroll, é até bem fácil de entender:

legenda diário em tópicos

não é difícil, né? a questão é: muita gente acaba vendo aquelas inspirações (maravilhosas) do Pinterest e cria uma legenda com 33 mil itens diferentes, um sistema de cores, alguns detalhes extras (como um asterisco para tarefas importantes) e assim por diante… você consegue perceber que isso fica confuso só de ler o parágrafo, não é?

assim como o índice, a legenda do seu diário em tópicos precisa ser funcional – algo que você bata o olho e consiga identificar a informação que você precisa. a questão da legenda é um pouco mais delicada, porque ela é a base para todo o sistema de diário em tópicos. se você cria muitos símbolos e se perde nos seus significados, todo o sistema desanda.

então, na hora de pensar na legenda e nos símbolos que você vai usar para identificar as suas tarefas, tem que ser uma coisa fácil de usar. a única diferença da legenda do Ryder pra minha, a que eu uso no meu diário, é que eu coloco um coração no lugar do travessão para as notas e pensamentos (sim, sou dessas), eu não uso o sinal ‘<’ e tenho dois indicadores extras: um (*) antes de tarefas importantes, um (?) antes de tarefas que precisam de uma pesquisa ou serem confirmadas. uma tarefa que é cancelada, ganha um risco em cima. ou seja, se eu vou escrever alguma coisa no meu diário com esse sistema, fica mais ou menos assim:

legenda diário em tópicos maki

quando eu olho um dia do meu bullet journal, eu já sei exatamente o que cada um desses símbolos significa e a importância que eles têm no meu dia a dia. aí, fica fácil, entende? porque eu olho, eu sei o que é, eu faço, e pronto!

não tem muito segredo. você pode usar um quadradinho ao invés da bolinha, para indicar uma tarefa? pode. pode pintar de colorido ao invés de fazer um X, pra mostrar que aquilo foi feito? pode também. mas o principal é você ter alguns (poucos, hein?) símbolos-chave que vão ajudar na sua organização. não adianta criar uma lista com mil símbolos diferentes, se você não vai saber qual usar para cada coisa e precisar olhar a legenda o tempo inteiro para saber o que aquilo significa.

onde entra o sistema de cores nessa?

você já deve ter visto no Pinterest ou no Tumblr que algumas pessoas colocam assuntos separados por cores. estudos é azul, trabalho é vermelho, e coisas relacionadas à casa é verde. essas cores são um complemento à sua legenda. isso significa que você ainda vai usar todos os símbolos que você definiu ali em cima, mas vai acompanhar esses símbolos com cores diferentes pra identificar mais rápido de qual área da sua vida é cada tarefa.

vamos colocar isso um pouco mais na prática?  quando você escrever o seu dia, ele vai ficar mais ou menos assim, se você usar a legenda com o sistema de cores:

legenda sistema de cores diário em tópicos

entendeu? a partir daí, tem uma infinidade de coisas que você pode fazer com esse sistema de cores. você pode colocar as tarefas com esses tons no seu calendário do mês, no seu planejamento mensal, fazer uma divisão na sua página para cada cor, agrupar tarefas por cores… vixi, eu poderia ficar o dia inteiro falando sobre isso.

mas o principal é: você ter uma legenda que funciona para você e que você consegue usar com facilidade e aí escolher algumas cores pra te ajudar a deixar tudo mais claro. daí não tem erro, entendeu? ah, e eu nem preciso dizer que você não é obrigada a usar o sistema de cores, né? usa quem quer e só se for ajudar mesmo.

se você quiser me mostrar a sua legenda, pode postar uma foto no Instagram usando a hashtag #meus52. vai ser incrível saber como você decidiu montar a sua!

ficou alguma dúvida? deixa a sua pergunta aí nos comentários!

esse post faz parte do projeto 52 pontos. você pode ver os outros textos clicando aqui

52 pontos banner

6 comentários

  1. Lary comentou:

    gostei tanto desse post :D bem simples, informativo e me deixou super animada. aliás, todas as vezes que venho aqui recebo uma enorme motivação para continuar escrevendo. obrigada, Maki. abraços! <3

    1. Maki respondeu Lary

      ahhh, que fofinha, Lary! brigada por esse comentário lindo!

  2. Sybylla comentou:

    Eu não consigo me habituar aos símbolos, fiz uma confusão danada! Voltei pro meu esquema anterior. Tarefa completa, eu passo um risco e escrevo OK do lado.

    Tarefa incompleta eu passo a caneta ondulando em cima, pra me mostrar que não deu certo e passo a anotação pra outro dia. Tarefas em que há uma dúvida, eu ponho uma interrogação ao lado.

    Eu fiz meu próprio caderno, com costura copta e com uma seção de cada cor pra me organizar, então vermelho é caixa de entrada, azul é blog, verde é pessoal, por aí em diante. Nesse sentido eu trabalho mais com o que tá escrito do que com os símbolos.

    Ótima postagem!

    1. Maki respondeu Sybylla

      nossa, arrasou Sybylla! é isso mesmo, o método tem que se adaptar a você! que bom que você encontrou um jeito que funciona bem ♥

  3. Ai como tô amando essa série <3 Eu concordo com você: quando mais simples, melhor! Não uso esquema de cores, só uma legenda bem simples e parecida com a sua, e funciona muito pra mim. <3

    1. Maki respondeu Wanila goularte

      isso! porque se não a gente se embanana toda com a legenda e acaba não fazendo nada direito. daí fica mais desmotivante ainda, né?

deixe seu comentário