Como usar o seu bullet journal para cuidar da sua saúde mental

Eu poderia contar mais um milhão de vezes a minha história com a depressão, mas eu acho que não tem necessidade nenhuma, você já tá careca de saber (mas, se for realmente oportuno, eu conto de novo). Também poderia falar muito sobre como o bullet journal tem me ajudado horrores, mas isso você também já sabe (e se não sabe, pode ler sobre aqui).

A questão é que o BuJo é um método tão legal que você pode usá-lo para o que quiser, até mesmo pra cuidar da sua saúde mental. Sim, é isso mesmo. Como o buller journal é altamente personalizável, você pode, de verdade, usar para qualquer coisa, inclusive para ajudar no seu processo, qualquer que seja ele.

Como usar o seu bullet journal para cuidar da sua saúde mental

Claro, o caderninho não vai JAMAIS substituir a ajuda profissional que você precisa num momento complicado (eu mesma fiz um bom tempo de terapia e tomei medicamentos, como você bem sabe), mas ele pode ajudar você a ver as coisas de uma forma diferente.

1.Habit Tracker

Eu já comentei algumas vezes sobre o tracker aqui, mas ele é realmente uma ferramenta muito legal. Ele pode ajudar você a prestar atenção no dia, você anota ali o que faz, sente, o seu humor – o que você quiser! – e você ainda tem uma visão geral do mês, de quebra. Ou seja, é um jeito de você medir o que você fez que fez você se sentir bem e o contrário e ir ajustando as coisas a partir daí.

Você pode dividir o seu tracker em sensações físicas (dor de cabeça, apetite, insônia, etc), outra seção em comportamentos bons e ruins que você costuma ter (horas de sono, bebi álcool, tomei os remédios, passei mais de 1 hora na Netflix, etc) e uma outra ainda para o seu humor.

Ah, e o tracker não precisa ser do jeito tradicional, em que você pinta os quadradinhos. Pode ser da melhor forma para você. Às vezes, o melhor jeito é descrevendo o que você sente no daily log, outras é fazendo uma lista das coisas que te incomodaram num dia.

2.Gratitude Log

Esse é um velho conhecido do BuJo. O gratitude log, ou log da gratidão, é uma página onde você escreve tudo as coisas pelas quais é grata todos os dias. É uma forma simples de você perceber que existe algo de bom todos os dias. Você pode montá-lo como o monthly log: escreva os dias do mês um abaixo do outro e a sua ‘gratidão do dia’ ao lado da respectiva data.

3.Anotações pós-terapia

Se você já fez terapia alguma vez na vida sabe que tem dias que você pode sair dela completamente desnorteada. Para esses momentos, é legal você escrever o que aconteceu durante a sua sessão, os pontos que foram mais difíceis, coisas que você gostaria de lembrar que o seu terapeuta falou e outras que você gostaria de levar para a próxima sessão.

4.Separe uma página (ou meia) para coisas que te incomodam

Tem dias que as coisas parecem muito difíceis mesmo e você só queria que o meteoro chegasse logo e acabasse de uma vez com a terra. Enquanto desabafar é bom, desabafar demais pode fazer mais mal do que bem, então separe um espaço limitado para você escrever sobre o que você está sentindo naquele momento. Tire tudo da cabeça!

Ah, e se você precisa de inspiração pra essas páginas todas, pode dar uma olhada lá no painel que eu fiz no Pinterest, tem um monte de referências incríveis.

 

No mais, o que eu posso falar sobre esse assunto é: o BuJo é como um diário e você pode usá-lo sim para melhorar. É só uma questão de querer. Usa o caderno com carinho, cuida dele com amor e você vai vendo, aos poucos, que pode cuidar de você da mesma maneira. E, ó, já falei isso mil vezes também (alô, tô repetitiva hoje!) mas eu confio muito na sua capacidade de superar qualquer coisa. Então, força! Tá bom?

Como você usa o bullet journal para se sentir bem? Me conta?

6 comentários

  1. Olá
    Uso o bujo a algum tempo mas nunca pensei em usá-lo para controlar minha saúde, nem física nem mental, mas percebi revendo algumas PÁGINAS que acabei fazendo isso de forma INCONSCIENTE. Mas quero fazer algo mais controlado mesmo pro próximo bujo. Acho super importante, principalmente pra mim, que já tive depressão.
    Beijos e adorei suas dicas

    Vidas em Preto e Branco

    1. Maki respondeu Larissa Zorzenone

      ah, no fim a gente acaba fazendo meio ‘sem querer’ mesmo, né? mas é ótimo pra ir acompanhando como a gente tá <3

  2. Eu ainda estou na agenda normal, mas quero tanto um BuJo. não vejo a hora de enfeitá-lo ♥

    1. Maki respondeu Victória

      ah, sim! é uma das partes gostosinhas do dia, ficar brincando com o BuJo ♥

  3. Estou doida pra acrescentar uma pagina com o gratitude log no meu planner e anotar todos os dias algo pela qual sou grata, vai me ajudar a controlar a ansiedade. E tem gente que acha que planner e bUJO são só uma agendinha né maki rsrs

    1. Maki respondeu Stephanie Ferreira

      mas não é? é muito mais que uma agendinha, gente. cuidar do meu BuJo é uma terapia mesmo, porque é uma hora que eu paro tudo o que eu tô fazendo só pra escrever ali, cuidar do meu dia e de mim ♥

deixe seu comentário