detalhe: a máquina que faz fotos pra levar na carteira

instax mini 8

eu comprei a minha Instax Mini 8 na França, literalmente um dia antes de voltar pro Brasil. tive aquela crise clássica de ‘segurei dinheiro a viagem inteira e agora sobrou um pouco e acho que eu mereço *insira o seu item de desejo aqui*‘. a primeira foto que eu tirei, queimou. foi uma foto dos cataventos que tinham na varanda do apartamento que eu morava lá. era pôr do sol, mas a máquina não conseguiu identificar o tipo certo de iluminação e a foto ficou assim, meio queimada.

mesmo estranha, eu levo essa foto na minha carteira, como uma lembrança dos dias que passei lá, tanto quanto levo o próprio catavento na parte de trás do meu braço direito.

instax mini 8

quando eu era pequena, lembro que ver as fotos reveladas da máquina de filme (que era o normal naquela época) e sentir o coração quentinho, lembrando de cada momento em que as imagens foram feitas. era muito emocionante. não deixa de ser assim com a Instax. ela virou tipo um amuleto, um acessório que eu levo comigo em dias potencialmente incríveis pra fazer um registro. e a sensação é essa ao ver a foto impressa, na hora.

eu tenho uma caixinha cheia de fotos, que espero colocar em um mural um dia. lembranças de momentos maravilhosos que tive ao longo dos últimos anos, desde que eu decidi comprar a minha câmera, em fevereiro de 2014.

instax mini 8

instax mini 8

pensando agora, eu tenho um registro de todo o meu processo de cura – algumas fotos por ano desde que eu decidi que ia melhorar, encontrar a felicidade dentro de mim e tirar aquele cachorro preto da minha cola. fico com o coração transbordando ao perceber que alcancei essa meta e que foi possível cumprir a promessa que eu me fiz naquela virada de ano, de que eu nunca mais me sentiria daquela maneira.

hoje, a Instax fica na minha escrivaninha, bem pertinho de mim. ela tá sempre pronta pra agir, no momento que eu precisar de um clique exato pra marcar um momento incrível. o mais legal é que não é a máquina que fazem os momentos serem incríveis, só a minha permissão de aproveitá-los e, quem sabe, registrá-los com uma foto revelada na hora pra colocar na carteira depois.

este post faz parte do projeto detalhes, uma blogagem criativa criada por desancorando + sernaiotto +serendipity  saiba mais sobre o projeto clicando aqui e confira os posts já publicados aqui.

projeto detalhes novo

 

12 comentários

  1. Bruna comentou:

    Li seus relatos sobre a tua fase negativa e agora vendo isso, tenho orgulho de ti e da tua positividade sem nem ao menos te conhecer. Escolher esse caminho e celebrar cada vitória é algo que eu admiro muito nas pessoas. Se amar, amar os acontecimentos alegres, amar o incrível… e lembrar de todas as coisas positivas para o coração reaquecer.
    Adorei as tuas fotos com a Instax, sempre tive vontade de ter uma também :)
    Abraço

    1. Maki respondeu Bruna

      Bruna, como você é fofa ♥ brigada por esse comentário tão incrível!

    1. Maki respondeu Gabriele Verges

      é tão amor, né? ♥

  2. Clei comentou:

    APAIXONADAAA por essa belezinha. Espero um dia ter também, acho demais. Adorei teu post!

    1. Maki respondeu Clei

  3. Como sempre, uma delícia de post! Faz tempo que quero uma instax mini mas ainda não deu, por não ser prioridade, sabe? Mas acho mágico essa coisa de foto revelada na hora, dá uma saudadinha das analógicas de antigamente <3

    1. Maki respondeu Wanila goularte

      ah, sim! na época eu comprei porque queria muito e tava com um dinheirinho sobrando, né? eu amo essa sensação de pegar a fotinho na mão e esperar revelar, ver se deu certo ahahahaha é tão legal, né?

  4. Eu amei <3 meu sonho é ter uma dessas <3 eu amo foto revelada mas infelizmente isso se tornou tão anormal que nem sei mais onde revelar fotos, mas com uma dessas eu vou poder guardar as lembranças para sempre.

    Carol Justo | pink is not rose

    1. Maki respondeu Carol Justo

      menina, num é verdade? eu sei que no centro de SP tem muito lugar que ainda revela fotos… e algumas óticas e lojas especializadas em fotografia fazem isso também!

  5. Eu amo a minha intax! A comprei em uma promoção, na verdade pedi e ganhei de aniversário, mas basicamente consegui ganhar ela pela metade do preço e até hoje ela é especial para mim. A amo demais. Mas confesso que não tiro muitas fotos com ela, por conta do filme ser caro. Já tem alguns meses que estou tentando usá-la mas aparentemente a pilha não está funcionando. O que me deixa muito frustada HAHAHAH acabo não terminando os seis últimos filmes que tem nela. E como quero acabar com eles, para poder usar melhor a câmera.

    1. Maki respondeu Clara Rocha

      olha eu tive esse apego com o preço do filme, viu? mas prefiro trocar um almoço / jantar fora por um rolo de filme desses do que ficar sem usar. é legal ver as fotinhos, lembrar dos momentos. é um registro muito incrível ahah

deixe seu comentário