52 pontos: como funciona o planejamento semanal?

planejamento semanal

se você me acompanha nas redes sociais (ou, pelo menos, no Instagram) já sabe que eu uso um planejamento semanal no meu diário em tópicos. aliás, eu até fiz um vídeo falando um pouquinho sobre isso, que você pode ver clicando aqui.

o planejamento semanal não necessariamente é uma parte obrigatória do bullet journal, mas senti que seria interessante falar sobre ele antes do daily log para mostrar que existem formas diferentes de você se organizar usando esse caderninho. esse tal planejamento é, justamente, uma outra maneira de você acertar o seu dia a dia.

diferente do daily log (que a gente vai entender melhor no próximo post), o planejamento semanal olha para a sua semana e não para o seu dia. ou seja, ao invés de pensar na organização dia a dia, ele usa um esquema semana a semana.

mas Maki, como é que funciona essa coisa de planejamento semanal?

você pensa primeiro na sua semana, ué! é bem como o nome diz mesmo, você vai colocar no seu caderno um layout que priorize a semana e não os dias. ou seja, talvez você faça como eu, e pense primeiro na lista de tarefas pessoais / de trabalho que tem que fazer e coloca tudo numa página, depois coloca os dias da semana na página ao lado e distribui as tarefas dessa primeira lista que você fez em casa respectivo dia.

planejamento semanal

é diferente só do daily log, em que você pensa dia a dia as tarefas e eventos que você precisa fazer / comparecer. você tem uma visão maior da sua semana e quais dias estão mais lotados ou mais tranquilos. eu trabalho com demandas mais imediatas (sou jornalista e entrego matérias em curto prazo, na mesma semana ou no mesmo dia), por isso é mais fácil eu pensar nas minhas tarefas da semana do que no dia a dia ou usando um sistema mais amplo, como um log mensal ou um log anual.

o que eu acho mais interessante em fazer um planejamento semanal é que você pode agregar outras coisas, como um habit tracker, e medir a sua evolução semanalmente. eu acho que fica beeeem mais palpável do que uma visão do mês todo – aliás, eu costumava fazer um habit tracker mensal, mas ele parou de funcionar para mim porque eu sempre esquecia de completar as datas e coisas que tinha que anotar ali. com o tracker semanal, eu dificilmente esqueço de olhar para esses hábitos que quero colocar na rotina e manter.

dá pra perceber que o bullet journal vai afunilando a sua visão? tipo, primeiro você começa no ano, depois vai pro mês e depois pra semana ou dia. Você fica mais organizada porque tem uma visão macro das coisas e depois aplica tudo isso no micro. independentemente de usar um planejamento semanal ou a versão original, com um daily log, o mais importante é saber que você vai colocar no papel absolutamente tudo o que você precisa fazer, e tirar da sua cabeça aquele barulho mental do dia a dia para conseguir focar no que importa de verdade.

eu sou muuuuuuito fã do planejamento semanal, e ele me ajudou demais a ficar mais organizada e ter uma visão mais ampla do que eu preciso fazer. acho que dificilmente mudaria esse esquema que tenho hoje, a não ser que alguma coisa mude muito na minha vida profissional – mas, ainda assim, acho difícil mudar a ponto de eu precisar voltar pro esquema dia a dia. é óbvio que qualquer pessoa pode fazer esse tipo de planejamento, mas tenha em mente sempre que você precisa encontrar o que se adapta melhor ao seu dia e as suas necessidades, ok?

aqui, o foco é sempre esse: você coloca no papel o que tem pra fazer nos sete dias da semana e aí encaixa cada tarefa nos dias, como um quebra-cabeça – assim, você também tem uma ideia melhor dos dias que estão mais corridos e os que estão mais tranquilos e consegue lidar melhor com eventualidades ou remanejar as suas tarefas para não ficar tão pesado, sabe? é tudo uma questão de paciência e carinho na hora de planejar. mas com essa noção mais aberta de como vão ser os seus dias, fica difícil não conseguir ter uma semana mais de boa, sabe?

você costuma usar o planejamento semanal? me conta como você monta o seu?

52 pontos banner

7 comentários

  1. Luma comentou:

    Muito bom! Adorei quando você falou que já não estava funcionando com um tracker mensal, mas logo em seguida veio a solução de um tracker semanal… Bullet Journal e suas mágicas maravilhosas <3
    Parabéns pela série.
    Beijos!

    1. Maki respondeu Luma

      não é? é muito mágico ♥ eu amo demais!

  2. Divana comentou:

    Maki!
    Estou lendo todos os seus posts das 52 semanas e estão me ajudando bastante.
    Estou começando meu primeiro bujo pessoal esse ano e estou me acostumando primeiro com o habit tracker mensal. Pra eu ver como vou definir realmente os outros meses.
    Já uso um Bujo pro trabalho, com listas do mês e tarefas diárias, já que trabalho com a engenharia e muitas coisas precisam ser entregues no dia ou depois de algumas semanas.
    Abração!

    1. Maki respondeu Divana

      boa, Divana! que bom que os posts têm ajudado ♥

  3. Comecei a utilizar o BUJO faz uns três meses, então ainda estou me adaptando a ele. Meu caderninho é um caderno pequeno de 98 folhas (daqueles de escola, sabe?), e estou me organizando com ele com as tarefas diárias em conjunto com a minha agenda (anoto nela tudo o que já está marcado para o longo do ano, como eventos, provas e aniversários, ai vou vendo na agenda a demanda e aplicando no meu dia-a-dia com as tarefas que precisam ser feitas e que não necessariamente vão pra agenda). Não sei se eu me fiz entender, mas tenho usado esse sistema e tá me ajudando, apesar de esquecer alguns dias (estava habituada apenas com a agenda e sou meio esquecida com esses negócios de organização de tempo e tals).

    1. Maki respondeu Jennifer Constantino

      oi, Jennifer! relaxa, deu pra entender super! que ótimo que esse sistema tá funcionando pra você. eu fico muito feliz ♥

deixe seu comentário