resumaki #9 – setembro

resumaki setembro

tem horas que eu olho pra minha vida e fico em choque com tamanha alegria (por mais bizarro que isso pareça).

um pouquinho sobre setembro…

sabe quando você acorda e fica pensando ‘meu Deus, eu nunca achei que a minha vida poderia ser assim?‘, mas de um jeito bom? acho que todos os dias de setembro foram desse jeitinho pra mim. com certeza, foi um dos meses mais incríveis da minha vida até agora – eu sei que falo isso sempre, mas é verdade – e eu fico muito emocionada só de lembrar de cada um dos momentos que eu passei nos últimos 30 dias.

o mês veio no embalo do SPFW, com muita coisa pra fazer e uma mudança muito grande pra mim – permissão. eu senti que me permiti aproveitar, passar mais tempo com as pessoas, sair do casulinho que eu criei pra mim mesma. isso é, e seguirá sendo, a coisa  mais legal de todas que me aconteceram. teve um dos feriados mais incríveis que eu já vivi na vida, uma sucessão de coisas maravilhosas e rolês inesperados regados à bolo de cenoura com brigadeiro, muitas risadas e looks gostosinhos.

teve brunch com a Mari e o Marcelinho e eu não consigo não ressaltar o tanto que eu adoro esses dois e os momentos que a gente compartilha juntos. aliás, a Mari vive lendo o blog e me mandou um dos emails mais incríveis do mundo uns meses atrás falando que a gente precisava virar migas porque ela tava viciada em doramas e não tinha com quem conversar sobre isso (oi, Mari! ♥). os dois seguem sendo pessoas queridíssimas que eu quero manter por perto pra sempre.

teve, inclusive, um monte de visitas à lugares incríveis, como o Um Coffe Co lá no bom retiro, um café coreano maravilhoso que ganhou meu coração e virou um dos preferidos da vida. eu fui também num lugar que só vende cookies, que chama Kamzu, bem aos 45 do segundo tempo, e que virou a minha nova casa – infelizmente estou mudando pra lá pra comer cookies deliciosos todos os dias.

teve encontros semanais com a Duds e a Celle e a Bee e foi maravilhoso ver essas três pessoas que eu amo tanto, tantas vezes seguidas. já falei mais de uma vez e repito: vocês são a lembrança constante da minha meta e da minha função no mundo, e eu amo vocês.

teve também aquele momento WTF? em que eu passei mais de duas horas conversando com a Lominha, diretamente do país Coreia. foi uma das conversas mais inspiradoras de todas e rendeu um projeto de blogagem coletiva de deixar o coração quentinho e que eu tô doidinha pra começar a fazer.

teve muitas fotos com sorrisos sinceros e eu preciso confessar que teve uma fase da minha vida em que eu achava que nunca mais conseguiria sorrir desse jeito. mas, olha só, que loucura, tô dando sorrisão em tudo quanto é foto – e nem precisa de muito, viu?

teve leituras de livros deliciosos, teve semana em que eu entrei e saí de casa a cada dez minutos pra dar conta de tanto trampo, teve milhares de abraços e beijos e noites dormidas pensando no quanto eu amo as pessoas e teve uma noite específica que me provou por a + b (mais c mais d) que o amor é pra todo mundo mesmo e que tanto faz o que a gente tá fazendo, desde que a gente ame sinceramente. daí, todo mundo sente também, sabe?

enfim, setembro foi um mês cheio de momentos que eu vou levar no meu coração como uma prova de que eu tenho costas quentes e que eu tô fazendo exatamente tudo o que deveria pra ajudar a lembrar as pessoas que tá tudo bem. ♥

… e mais umas coisinhas que valem compartilhar

um post que amei escrever: sobre amores (e dias cheios de permissões)

um post que amei ler: o que eu aprendi sendo famosa na internet por um dia e meio

um livro: Diário em Tópicos, da Rachel Miller

uma música: baby love me lights out 

uma pessoa: a Duds, que tem um monte de alegria pra compartilhar por aí (ela só não sabe disso ainda)

outubro, traz mais um monte de amor pra gente, ok?

1 comentário

deixe seu comentário