coisas incríveis que o BEDA me ensinou

o que o beda me ensinou

não é a primeira vez que eu faço o BEDA e também não sei se vai ser a última (nunca diga nunca, não é isso que falam por aí?), mas eu sempre acho que essa é uma experiência incrível, mesmo com a correira, mesmo com a quantidade insana de conteúdo que eu vejo, mesmo com os dias e dias de risos nervosos.

a Isa também fez um post desses logo depois que o BEDA acabou, na semana passada, e deu a visão dela dessa coisa toda – e eu sempre acho incrível como a gente pode usar o conteúdo dos amigos como base e como uma forma de aprender visões diferentes sobre um mesmo assunto. por mais que eu compartilhe de muitos dos pontos que ela colocou no post dela, também senti vontade de falar dos meus aqui:

1.a minha blogosfera tá viva

a maior alegria foi perceber como – ao contrário do que insistem em dizer – ainda tem muita gente legal criando conteúdo pra blogs. pode ser esporadicamente, pode ser só no mês do BEDA, mas os blogs não vão a lugar nenhum, e tem espaço pra todo mundo. eu já repeti isso tantas vezes por aqui que tá até ficando meio chato (ou não), mas a blogosfera segue viva, segue linda e cheia de gente que tem coisas incríveis pra dizer e compartilhar com todo mundo, sabe?

2.se organizar direitinho…

agosto foi tipo um chute na minha cara sobre a importância de ser minimamente organizada. não só com coisas do blog, mas com tudo. fazer um projeto como o BEDA exige um mínimo de organização e por mais que eu tenha cumprido a minha meta pessoal de 27 posts no mês, eu sei que poderia ter sido mais tranquilo e bem menos estressante se eu tivesse me organizado melhor. sabe aquela coisa de você ter dias sem sacrifício? então. tem como. mas eu preciso saber priorizar e fazer as coisas com mais calma. eu espero conseguir cumprir essa meta em setembro (torçam por mim – sério). ♥

3.brainstorm é o melhor amigo do blogueiro

eu acho que se não tivesse tirado uma tarde para pensar em todos os posts que gostaria de escrever em agosto, o BEDA não teria saído. eu sempre acreditei que pensar com antecedência nos temas tirava a espontaneidade da coisa toda, mas não – é um facilitador. se eu não tivesse feito isso, tenho certeza que não teria consigo fazer conteúdos legais e posts que me deixaram com um quetinho no coração, sabe? sob pressão a gente até consegue umas ideias bacanas, mas o processo todo fica mais sofrível e não tem necessidade disso. criar um banco de ideias pode ser, sim, uma boa ideia e eu fiquei apaixonada por ela.

4.apenas escreva, amiga

tinham dias que eu sabia que estava cansada e achava mil motivos pra procrastinar. parecia que o texto não ia sair de jeito nenhum. mas aí eu lembrava de uma dica que ali em algum lugar alguma vez (será que dá pra ser mais vaga?) que dizia que, na dúvida, só comece a escrever. e aí a coisa fluía, sabe? a gente tem uma mania de ficar supervalorizando o bloqueio criativo e subestima o poder de começar a digitar qualquer coisa. quando você vê, o texto saiu, você tirou da cabeça o que incomodava e agora só precisa fazer os ajustes pra ficar do jeitinho que você imaginou. feito é melhor que perfeito, já diria (mais) uma sabedoria popular.

5.a gente sempre se subestima demais…

de verdade verdeira. chegou no fim de agosto e eu pensei: ‘nossa, não acredito que terminei esse projeto‘. mas, como assim? é claro que eu terminei. é claro que eu sou capaz. é claro que ficou lindo. a gente se subestima muito e nunca acredita na própria capacidade. a gente encontra motivos pra se boicotar e pra falar mal de si mesma e pra provar que a gente não consegue. e aí quando consegue fica surpresa. stop subestimar a própria capacidade tour 2017.

6… mas também sabe se apoiar muito

se tem uma coisa legal nesse mundo de blogs é a capacidade das pessoas se apoiarem. eu recebi tanto comentário fofo, vi tantas indicações incríveis… se a gente se subestima, então as amigas da internet, quem lê a gente todos os dias, quem curte o que a gente escreve, faz questão de mostrar (nem que seja só um pouquinho) e ajuda a gente a acreditar um pouco mais no nosso próprio trabalho, sabe? incentivam e motivam e fazem a gente acreditar que tem muita coisa legal pra entregar por aí. só amor por você que tá do outro lado da telinha! ♥

não me canso de dizer como agosto foi um mês maravilhoso e como eu não poderia estar mais feliz de ter criado esse blog e poder compartilhar com você um pouquinho de quem eu sou, de quem você é e de como a nossa vida pode ser incrível. espero que em cada post isso tenha ficado claro – e que venha o BEDA 2018 (abençoa, senhor!).

o que você gostaria de ver no blog esse mês? me conta aí nos comentários!

13 comentários

  1. Fiz um post desses no final do BEDA também, falando das minhas considerações. Eu aprendi muito em Agosto, fiquei devendo alguns posts porque tive que participar de um congresso, mas valeu super a pena a tentativa. As únicas coisas que me incomodaram foi que eu não me organizei, e que no final do mês, a galera sumiu. Eu senti que publiquei muita coisa legal que não teve o retorno que eu gostaria, mas valeu o aprendizado

    1. Maki respondeu Marina Menezes

      Mari, o bom que você pode continuar divulgando esses posts, né? não é só porque o BEDA acabou, que eles perderam a importância ♥

  2. Cara se organizar faz toda a diferença né!? Eu sou a pessoa menos organizada da vida e eu tenho tentado manter um ritmo de organização para ver se consigo manter algumas coisas organizadas, ainda mais agora que estou estudando e geralmente quando estou estudando esqueço de tudo e acabo estudando 12 horas por dia e quando vou ver não fiz todo o resto que precisava fazer.
    E SIM!!!! QUEM DIZ QUE BLOGS MORREU É DOIDO. Sei lá, não tem noção de quanto isso daqui é vivo e importante para mim e para pessoas como você e nossas amigas. O blog é o que nos mantém inspiradas e faz com que a gente cresça.
    Seu beda foi lindo de acompanhar. ♥

    1. Maki respondeu Clara Rocha

      ahahahah meu deus, amei seu comentário pelo número de vezes que você falou ‘organizar’ e ‘estudar’. porque é bem assim que a nossa cabeça fica mesmo, né? bem maluquinha. mas com calma tudo se ajeita, né?

  3. Eu tenho muita vontade de fazer beda! Tenho estado ativa na “blogesfera” desde 2013 e até então nunca criei coragem para tentar, e acredito que parte disso se dê justamente por essa mania que eu tenho de me bocoitar e me subestimar. Gostei da dica de *simplesmente escrever*, já deu certo algumas vezes em que eu estava com bloqueio criativo pesado, quem sabe não seja um propulsor para minha participação no próximo beda? ;D Beijos, e parabéns pelo mês ♡

    1. Maki respondeu Rafaela Pinheiro

      ai, Rafa, exatamente. nos dias que eu achava que não ia sair nada eu começa a digitar qualquer coisa – QUALQUER COISA MESMO – e aí quando eu terminava tinha um post pronto. a gente se cobra muito tentando pensar em temas e ideias mirabolantes e tals, mas aí quando a gente tira essa cobrança da frente, fica muito mais leve! e participa no ano que vem, você consegue! ♥

  4. Maki, eu acompanho os seus posts aqui no blog, mas essa é a primeira vez que comentou. Parabéns pelos textos do BEDA. Você mostrou muita criatividade :)

    Hida,

    http://www.blogdahida.com

  5. Yuri S comentou:

    eu não participei desse BEDA mas confesso que já to ansioso pro próximo pois vendo a galera toda animada fazendo me deu muita vontade de participar também <3
    e aprender coisas como vc aprendeu não tem preço, né? beijos!

    1. Maki respondeu Yuri S

      nossa, não tem mesmo, Yuri! se organiza direitinho e participa no ano que vem! vale a pena mesmo ♥

  6. Maki, não participei do BEDA mas fiquei super empolgada vendo a galera completar esses pequenos desafios diários. Vinha aqui toda semana dar uma olhada nas suas novidades e me deleitar com o teu jeito de escrever. Tenho problemas sérios de comprometimento e adoro ler suas dicas de produtividade.

    Beijos e continuo te acompanhando.

    1. Maki respondeu Nathalia

      Nathaliaaaa, que delicia o seu comentário ♥ brigada mesmo!

  7. Camis comentou:

    Eu amei demais o BEDA também! E se você acha que se subestimou cê não me viu no primeiro dia de BEDA me desculpando porque não iria conseguir acabar hahahaha E não é que a gente consegue? Eu fiquei tão orgulhosa de mim, de ti, desse monte de menina querida que eu conheci em agosto. Vamos continuar nos apoiando sempre, esse carinho não precisa acabar com o BEDA ❤

    1. Maki respondeu Camis

      nossa, vamos sim por favor ♥
      coisa mais maravilhosa que foi esse BEDA, eu fiquei muito orgulhosa também!

deixe seu comentário