the universe’s star e o despertar de um coração

desde que comecei nesse mundo de doramas, eu já vi incontáveis histórias que merecem um espaço aqui. mas acho que uma das que mais me marcou nos últimos meses foi a de um mini-drama chamado The Universe’s Star. eu soube dele pela primeira vez quando a Mari do Lovecode fez uma corrente no Twitter falando sobre os diferentes dramas coreanos que ela gostava, atores favoritos, etc.

The Universe’s Star foi ao ar entre janeiro e fevereiro deste ano, e contou com seis episódios de meia hora cada. conta a história de uma menina que morreu tragicamente em um acidente e se tornou um anjo da morte – ela ajudava a levar as almas que morreram para ‘o outro lado‘. acontece que, mesmo depois de morta, ela é muito fã de um idol coreano chamado Woo Joo (o Suho do EXO), e faz de tudo para evitar que ele morra – porque dizem por aí que ele vai morrer logo e alma dele é uma das mais ‘valiosas‘ para o departamento.

eu não esperava que o drama terminasse como terminou, e nem planejo dar spoilers aqui. mas o que eu posso dizer sobre esse drama é que ele é de uma delicadeza que me deixou meio sem fôlego. sabe, a gente tem tanto medo da morte que esquece de focar na vida e em como é bom usufruir do que a gente já tem. a gente deixa o nosso coração endurecer e esquece que ele tá ali, batendo, esperando só você prestar atenção na vida que flui pelas veias.

the universe's star

a Byul (lindamente interpretada pela Ji Woo) precisou morrer para entender o que era viver de verdade, para lembrar de quem era e aprender a importância de ser fiel ao seu coração. e ela colocou a nova vida dela na linha pra poder aproveitar o que ela mais queria: o amor. ela ama muito e isso, no começo, pode parecer um pouco estranho, no melhor nível stalker.

mas a única diferença dela para as pessoas ‘comuns‘ é que a Byul tem uma visão maior de tudo. ela sabe de coisas que os outros não sabem. e ela usa esse amor para entrar em contato de novo com quem ela é e com a missão que ela tem no mundo. o tempo inteiro, ela pensa em como pode mostrar para o Woo Joo que a vida é boa e que ele merece ser feliz e fazer coisas com o coração quentinho e em paz.

acho que a mensagem que esse drama passa, tão lindamente, é que não tem nada mais bonito do que aceitar a morte como uma próxima fase da vida. é aproveitar cada segundo não como se fosse o último, mas como se fosse o primeiro, e sair de cena sem arrependimentos, sabendo que você fez tudo o que deveria ter feito e que usufruiu de tudo que deveria ser usufruído.

eu chorei muito com o final (novidade) porque foi uma das coisas mais lindas que eu já vi. me emocionei com a interpretação do Suho e da Ji Woo e fiquei meio perdida quando o drama acabou. me lembrei, mais uma vez, de como é importante eu saber o que eu tô fazendo no mundo, para lembrar as pessoas da importância do amor, assim como a Byul fez com o Woo Joo. fora que me deu uma vontade maluca de escrever num pedaço de papel tudo aquilo que eu mais quero fazer e fazer de verdade. comprometimento, sabe?

é uma ótima porta de entrada para quem nunca viu um drama antes – e eu garanto que você vai ficar com o coração quentinho e os olhos cheios de lágrimas ao assistir. é lindo, é tocante, é algo que todo mundo precisa ver pra se lembrar mais uma vez da importância da vida, e como cada momento que a gente tem nessa terrinha é uma maneira de ajudar a lembrar a si mesmo e aos outros de quem somos de verdade. e que isso não é nada além de amor.

quem se interessou, dá para ver no Kingdom Fansubs, com legenda em português.

 

4 comentários

    1. Maki respondeu Faby Tsukino

      não é a coisa mais fofa do mundo? sou muito apaixonada!

  1. Assim que acabar esse mês sem doramas e séries, para eu colocar a minha vida em ordem, esse será o primeiro dorama que assistirei (além do final de suspicius né). Porque tudo que você falou foi tão lindo, eu fiquei tão interessada em assistir.
    Estive conversando ontem com a minha mãe sobre esse assunto de morte e como pra nós seres humanos é dificil para aceitarmos tal fato. Até vi um filme recentemente que também tem a ver com o assunto que é o sete minutos antes da meia noite. Já assistiu ?
    enfim,
    se é sua dica, vou anotar para assistir.

    1. Maki respondeu Clara Rocha

      nunca vi esse filme, Clarinha! vou procurar pra ver depois ♥
      assista, é muito lindo. e é super curtinho. são seis 6 eps de 30 minutos. se vc assistir tudo de uma vez dá tipo um filme longo!

deixe seu comentário