15 coisas que me fazem passar mal (mas não vão mais funcionar)

Eu sei que, às vezes, pode parecer que existe um monte de coisa que vem de fora e faz a gente se sentir mal. Mas acredite quando eu digo que tudo o que a gente sente vem de dentro. É uma sensação que a gente quer sentir e encontra um jeito disso parecer que veio de outro lugar. É terceirizar a culpa, sabe?

15 coisas que me fazem passar mal (mas não vão mais funcionar)

Eu sempre tive uma síndrome de vítima muito forte. Tudo era culpa do mundo e eu achava que era uma coitada que sofria demais porque, olha só pra mim, nada dá certo na minha vida e ninguém me ama, ninguém me quer.  Aos poucos, eu comecei a perceber que nada disso é verdade, e que o mundo não é culpado por todas as coisas que acontecem comigo e que, no fundo, no fundo, ninguém tem culpa de nada.

Tem muita coisa que a gente usa pra passar mal, muita mesmo. Na real, qualquer coisa pode ser uma desculpa pra gente sentir como se tudo na nossa vida tivesse errado e que nada do que a gente faz ‘dá certo’ (até porque ‘certo’ e ‘errado’ são conceitos muuuito subjetivos). Então, eu separei aqui algumas dessas coisas, pra gente treinar não usar mais isso pra nos sentirmos mal. Vamos treinar juntas? Tenho certeza que a gente consegue:

  1. Dinheiro (é só um pedaço de papel, afinal)
  2. Cabelo (meu, seu, da Gisele Bündchen)
  3. O tal feed do Instagram
  4. A fama daquela blogueira/youtuber/instagrammer
  5. A pasta de inspirações de looks do Pinterest
  6. O namoro da sua amiga
  7. E, já que falamos de namoro, a sua (a minha, a nossa) solteirice
  8. A resolução de ano novo de perder 5 quilos (e que a gente não alcançou)
  9. O brigadeiro que a gente comeu a mais depois do almoço
  10. O domingo que a gente passou inteirinho na cama
  11. Aquele blazer novo (e mara) que você comprou (e achou que não deveria)
  12. O rolê que marcou há semanas com as migas, mas que desistiu de ir de última hora
  13. Gostar de uma coisa que nem todo mundo gosta (beijos, doramas!)
  14. Não fazer uma pós-graduação
  15. Não gostar de ficar com caras na balada

Para um pouquinho e pensa como essas coisas te fazem sentir. Tenho certeza que você passa muito mal com pelo menos uma delas. O nosso treino é sair disso. Não da situação em si, mas de como ela nos faz sentir, entende? Cada uma dessas coisas desencadeia, em mim, uma sensação que não é gostosa, que não tem nada a ver com quem eu sou. E essa sensação desencadeia uma série de coisas que me levam a outras sensações parecidas e por aí vai. É um ciclo seeeeemmmm fiiiiimmmmm.

Não tô dizendo que é fácil a gente se livrar dessas sensações. Nem de perto, é um treino mesmo. Mas é algo que a gente pode ficar de olho, sabe? Prestar atenção em como essas situações nos fazem sentir e colocar um basta na hora que ela aparecer. Sempre tem aquelas respostas incríveis pra pensamentos de merda que a gente pode ter na manga pra não deixar isso tomar uma forma muito mais do que deve, sabe?

Tem alguma coisa que você usa pra passar mal? Fala aqui nos comentários e acrescenta na lista!

4 comentários

  1. Dinheiro realmente me deixa mal, mas não me faz perder o sono,

    preciso confessar que eu vejo algumas meninas e vejo o quanto elas não se esforçam para fazer o melhor pelos seus leitores/seguidores e fico bem chateada, me comparando real, sabe?!

    Comida não me deixa mais mal, foi um pacto que fiz comigo, Já não marco mais nada para as partes do dia em que não me sinto a vontade, ou seja, noite.

    1. Maki respondeu Victória

      pois é, eu já perdi muito o sono com dinheiro. hoje, isso já melhorou, mas sei que ainda tenho um caminho pela frente. é tudo questão de querer!
      e quanto a comparação… a única coisa que a gente pode fazer é olhar pra gente e pro carinho que a gente tá distribuindo, sabe? não vale a pena a gente olhar pro outro e esquecer do que a gente tá fazendo. cada um tá sempre dando o melhor de si ♥

  2. Lilian comentou:

    Estava aqui lembrando de um dia que te parei na fnac apenas pra dizer “oi” hahaha, na época eu apenas seguia você no instagram, foi depois que vim a conhecer teu blog e esse jeito sensível que você escreve.
    já me senti mal por algumas coisas. no meu caso, sou indecisa demais. sofro por não conseguir escolher algumas coisas, enquanto a pergunta: qual, quem, o que fica martelando na minha mente…
    às vezes é inevitável a gente comparar nossa vida, seja em qualquer área, com a de alguém que parece ser melhor do que a nossa. mas hoje entendo bem que mesmo a vida de alguém parecendo ser perfeita, a pessoa enfrenta medos e monstros, assim como eu.
    fico calma também porque sei que o tempo certo é necessário para que eu aprenda com todas as situações da vida, sejam elas boas ou ruins.
    obrigada pelo texto <3

    1. Maki respondeu Lilian

      Lilian, não acredito que você comentou aqui! que incrível! super lembro do nosso encontro lá na fnac ♥
      também já me senti meio sufocada por ser tão indecisa sabia? essa coisa de não saber o que escolher, o que fazer. mas com calma a gente aprendi a silenciar essa vozinha chata na cabeça e seguir o nosso coração sabe? é a melhor coisa que a gente pode fazer.
      e é isso, cada situação é um aprendizado e gente só pode agradecer por esses momentos ♥

deixe seu comentário