10 razões para superar uma ressaca literária

Eu acho que já comentei por aqui que amo ler e que os livros sempre foram muito importantes na minha vida. Mesmo com essa minha ressaca  literária braba e que não passa nunca, eu sempre senti que podia encontrar nas páginas de um livro o conforto que eu nem sempre achava no ‘mundo real’.

10 razões para superar uma ressaca literáriaCê não tá orgulhosa desse gif que eu fiz? Muito amorzinho ♥

Sabe, ultimamente eu aprendi e relembrei que um livro é uma forma de relacionamento. Pensa assim: tem alguém que escreveu aquelas páginas, que colocou uma parte de si ali, e você tem a chance de entrar em contato com isso. Cada história é uma forma de entender como o autor pensa e o que ele acha de si mesmo.

E tudo bem se você não curte ler os clássicos (nunca vou esquecer o quanto eu sofri pra ler Grande Sertão: Veredas e Memórias Póstumas de Brás Cubas) ou se gosta só dos livrinhos fininhos que são bem rapidinhos e você lê numa tacada só. A verdade é a leitura só traz coisa boa, ó:

  1. Um livro te faz companhia quando você tá sozinha;
  2. Ler abre a sua mente para coisas diferentes;
  3. Ler te ensina sobre culturas diferentes;
  4. Ler é uma forma de entrar em contato com uma pessoa que você nem conhece;
  5. Um livro pode te trazer sensações tão (ou mais!) gostosas que um filme ou um livro;
  6. Ler acalma o coração;
  7. Ler faz a gente parar de pensar tanto no próprio umbigo;
  8. Um livro pode te ajudar a fazer amigos (alô, comunidade Potteriana!);
  9. Ler pode ajudar você a entender quem você é e o que você gosta;
  10. O mesmo livro pode ensinar coisas diferentes cada vez que você lê.

Ou seja: só vi vantagens. Superar uma ressaca literária pode ser difícil de vez em quando (eu que o diga socorr alguém me ajuda), mas vale a pena quando você lembra o quão importante é pegar um livro novo para ler. E pode ser sobre qualquer coisa, tá? Até os de autoajuda, que todo mundo finge que não curte, mas já leu alguma vez na vida.

E, sabe, o que eu mais gostei de aprender sobre livros ultimamente é que… Eles também são pessoas. Se um livro contém uma parte do alguém, o que ela pensa, acha, etc., não é a mesma coisa quando a gente olha pra uma pessoa que tá bem na nossa frente? Ela é um livro também, a gente tem só que querer ler.

E, ó, vai ver a real é que pra superar uma ressaca literária a gente precisa só olhar pras pessoas como se elas fossem livros também. Porque  vontade de ler é a mesma independente da forma.

Me conta porque você curte tanto ler?

 

7 comentários

  1. Amanda comentou:

    Tudo bem,estou decidida.Hoje eu pego um livro e saio da ressaca.20 dias sem conseguir finalizar uma leitura.

  2. Ressaca literária faz parte da vida de um leitor árduo, hahaha. Ler pra mim é como viajar, é desfrutar da imaginação de outra pessoa. É sem dúvidas, nunca estar só. Amei a postagem ♥
    Beijos

    1. Maki respondeu Thamires Oliveira

      oi, Thamires! sssiiiim! eu concordo, ler é tipo viajar, né? dá pra conhecer tanto da outra pessoa, saber onde ela vive, o que ela gosta… é incrível! ♥

  3. Que delícia de postagens, de reflexões e de abrir de olhos. Para nós, escritores e autores de obras, é deleitoso e gratificante ler uma postagem assim. Os lembretes de que cada livro é um relacionamento e, principalmente, uma forma singular de releitura interna que acaba sempre gerando descobertas e inovações, são fundamentais. Obrigada por essa alegria!

    1. Maki respondeu VANESSA BRUNT

      Vanessa, como você é fofa! Muito obrigada pelo seu comentário! ♥

  4. Divana comentou:

    Oi Maki!

    Por que eu gosto de ler?
    Porque a cada nova leitura é uma aventura diferente. Você entra em novos mundos e, querendo ou não, a sua mente se renova a cada uma delas, trazendo ou algum ensino diferente ou diversos paralelos com o que o mundo, senão algumas pessoas, vivem hoje.
    Pode parecer loucura, mas gosto de ler livros que relatam fatos da primeira e segunda guerras (alô Hemingway que me ensinou a gostar). Embora sejam momentos tristes, é bom aprender sobre como tudo aconteceu. É triste, mas trazem grandes lições.

    Abraços Maki!

    1. Maki respondeu Divana

      Divana, que engraçado! Eu gosto muito de ler sobre os mesmos períodos. Na verdade, sempre tive muito interesse por essa época na escola e isso acabou voltando pros livros também! Mas eu amo ler qualquer coisa, na real. Até bula de remédio! (mentira isso é chato) (mas eu leio de vez em quando ahah)

deixe seu comentário