Doramas: um vício em coreano

Se você me acompanha no Twitter deve ter visto (ou não) que eu tenho um novo vício: doramas! Para mim, não é surpresa nenhuma eu ficar viciada nisso, já que sempre tive um carinho pela cultura oriental, mas você, que pode não saber nada sobre esse assunto, pode estar se perguntando o que diabos é um dorama.

Doramas: um vício coreano

Bom, um dorama é um gênero de televisão oriental. É como uma série de TV, porém com menos capítulos, de duração mais longa. Pense em Avenida Brasil meets Sherlock. Um dorama pode ser japonês (J-drama), coreano (K-drama), taiwanês (TW-drama) ou chinês (C-drama), e eu estou mesma é viciada nos coreanos, que, pelo o que eu vi, são os mais famosos.

Já tinha lido sobre os doramas no blog da Lominha, porém, até então, não tive curiosidade de ver. Recentemente eu encontrei um outro blog, o Love Code, que fala demais sobre isso e a curiosidade me venceu. Comecei assistindo um dos que a Mariana indicou como melhor de 2015: Falling For Innocence.

Gente. Gente. GENTE. É muito fofo. Tipo. MUITO FOFO MESMO! Fiquei apaixonada por esse dorama e pelo gênero no geral, tanto que já estou assistindo mais um – Love Rain, que pretendo comentar sobre depois.

Mas, para começar, achei Falling for Innocence incrível. A história, os personagens, os atores. No começo, claro, é muito estranho, porque o idioma é diferente e eu até tive vontade de rir, mas você logo acostuma e aprende a prestar mais atenção na legenda e na trama do que na forma em como as pessoas falam. No meio do caminho você até aprende algumas palavras em coreano!

Resumidamente, esse dorama conta a história de um empresário, o Kang Min Ho, que se envolve com uma mulher simples, a Kim Soon Jung, e se apaixona por ela, mas tem dúvidas sobre o seu sentimento porque eles ficam mais fortes depois que ele passa por um transplante de coração – e recebe o coração do ex-noivo dela.

O que eu achei mais interessante é algo comum nos doramas, pelas minhas pesquisas: a inocência. Tudo fica muito nas entrelinhas, não é como uma novela brasileira, em que rola pegação forte logo de cara. Pra ter um beijinho demora um tempão, mas quando tem é tão fofo que é difícil você não dar uma quebradinha de pescoço.

Eu gosto disso, desse amor mais delicado, nas entrelinhas. Sempre fui uma hopeless romantic – e como você bem sabe, estou olhando muito para isso – e nunca curti essa coisa de ‘vamos nos pegar até acabar o ar agora-já’. Sei lá.

Outra coisa que eu estou adorando é o estilo dos coranos. Cara, eles se vestem de um jeito muito legal! E a cultura é tão diferente, não tem como você não ficar curioso para saber mais sobre os costumes locais.

Um ponto interessante, que eu já tinha visto antes, mas que com todo esse meu processo ficou muito mais claro é: apesar de ser uma cultura incrível, os coreanos são muito controlados. É visível isso na forma como falam, como se movimentam, até em como eles seguram um copo. E o controle é justamente uma coisa da qual eu estou tentando me livrar de todas as maneiras. Controle limita, machuca e exige muito esforço. Assistir esses programas tem sido um exercício legal para ver a extensão disso, e como o controle é algo muito escancarado na vida das pessoas e como isso fere o fluxo natural da Vida.

Se você tiver um tempinho (e curiosidade), indico que você comece a ver também (e pire nas trilhas sonoras e nos atores comigo), porque vale muito a pena ver. Além de ser uma forma de conhecer uma cultura totalmente diferente da nossa, é um gênero lindo e que tem todo tipo de história: romance, drama, comédia, suspense, ação… Vale a pena!

Para quem se interessou, é possível ver online no Viki e no DramaFever.

Alguém por aí já é fã também?

6 comentários

  1. Rebeca comentou:

    Já assisti uns 50 e gostei de todos! Hoje tenho repetido os que já assisti só para matar a saudade! Indico:
    Máster sun
    Secret garden
    Goong
    My princess
    My girlfriend is a gumiho
    Dentre outros… Já assisti love rain e o próximo sera a sua indicação acima!

    1. Maki respondeu Rebeca

      Oi, Rebeca! Obrigada pelas indicações, vou ver esses que você falou!
      E Veja Falling for Innocence, porque é lindo demais, mesmo!

  2. Leticia comentou:

    Só para dizer que comecei healer.

    Só para dizer que já estou no episódio 4 de healer.

    Só para dizer que estou apaixonada, e jesus, meu namorado que me perdoe, mas quantos coreanos gracinhas nesses doramas <3

    (e só para dizer que já no primeiro episódio fiquei me perguntando que espécie de jornalista eu era afinal, porque né… healer começou já me fazendo pensar no assunto).

    Obrigada pela dica, sua linda. Estou me divertindo à beça <3

    1. Maki respondeu Leticia

      AHAHAHAHAHAHAHAHAHA eu imaginei que você ia curtir. Healer é incrível, melhor dorama de todos os tempos da história do universo!

  3. Mariane comentou:

    Oi Maki!
    Adorei seu blog! <3

    Fico feliz que tenha gostado dos doramas. É um vício sem fim. hahahah

    Muito bom o post, alias todos eles! Parabéns!

    beijos :)

    1. Maki respondeu Mariane

      Oi, Mariane!
      Que legal você aqui ♥
      Beijos!

deixe seu comentário