Diário #33 – Quer aprender a desenhar? Desenhe!

Vou contar um segredo pra você: você é muito – mas MUITO – mais talentosa do que imagina. Lembra quando eu comentei que queria aprender a desenhar? Que esse era um dos talentos que eu queria ter?

Pois bem, e não é que eu tenho mesmo?

Depois de escrever aquele post, continuei com a ideia de que queria muito voltar a desenhar – eu fazia isso quando era mais nova, usava papel vegetal pra treinar os traços dos meus mangás preferidos – e pedi ajuda de um amigo maravilhoso pra isso.

como aprender a desenhar

No começo fiquei morrendo de medo, afinal ‘mimimi eu não sei desenhar’, mas, gente, aconteceu uma coisa incrível: eu fui melhorando com o tempo. E aí eu percebi qual era a real sobre a minha velha desculpa do ‘eu não sei fazer isso’: controle.

Eu sou do tipo de pessoa que pensava assim: ‘se não está perfeito, então não está bom’ e também do ‘se não sai exatamente do jeito que está na minha cabeça, então eu não sei fazer’. Olha que doidera? Então quer dizer que, se eu não faço uma ilustração digna de se tornar um quadro em uma galeria de arte incrível, eu não sei desenhar?

Para, né?

Numa escala de um a dez, o quanto você acha que uma pessoa que *insira o talento que você gostaria de ter aqui* treina por dia? Por semana? Por mês? Existe essa coisa que a gente chama de talento? Ok, até existe, algumas pessoas têm uma facilidade maior para fazer alguma coisa.

Mas nada vem sem muito treino.

Então, o que eu aprendi com isso tudo é: pare de controlar o que você que sabe ou não sabe fazer. Abra espaço para o inesperado. Eu me surpreendi e muito com os meus desenhos, fazendo ilustrações que acho bonitas, aprendendo a me dedicar cada vez mais, a treinar o traço, o peso da caneta no papel, o uso de cores… É tudo uma questão de largar mão do que eu penso sobre mim mesma e aceitar que eu posso me divertir nesse processo.

E eu confesso que estou amando ilustrar. Foi, realmente, uma questão de parar de pensar que eu não poderia aprender e tomar a iniciativa de pegar o papel e a caneta e simplesmente começar a desenhar de novo.

Acho que isso que é tão incrível sobre as crianças. Elas não têm esse controle todo que a gente constrói com o tempo. Elas fazem o que elas querem, do jeito que querem e ai de você se tentar dar pitaco em alguma coisa.

Conforme crescemos, começamos a ter como verdade coisas que falam sobre a gente e colocamos uma pressão pela perfeição – vista sob a ótica do mundo, claro – que é tão surreal que tudo o que a gente consegue é se sentir frustrada no final do dia. Não tem como não ser assim, sabe?

Então esse é o meu conselho de hoje: se você quer aprender a desenhar, desenhe! Não tenha medo de ser ‘feio’, de ‘não ficar bom’ e de ‘ninguém gostar’. Tire esse julgamento da sua mente e tome o primeiro passo. Como diz a sabedoria popular: a gente só se arrepende daquilo que não faz.

6 comentários

  1. Olarr :B

    teve um mês atrás que estava repensando como eu comecei a desenhar e agora estou por ai ilustrando… e foi copiando outros desenhos.
    conversei com outros artistas e todos eles começarAM DE UMA maneira parecida…
    desde então eu nunca parei de treinar, porque levo isso como uma meta que me motiva ♥

    Acredito que se você levar assim também, consegue ir bem longe! E tente se limitar e tentar ter controle sobre tudo. Isso trava muito!

    Acho que aqui você pode me entender melhor ó: http://9dadesasolta.com/5-dicas-para-comecar-a-desenhar/

    ^^

    1. Maki respondeu Ana Blue

      Ai, sim. Eu tô fazendo isso. Agora, com a mudança, eu não consegui desenhar muito, mas quero muito explorar bastante isso. Eu tenho visto referências de ilustradores que eu gosto e usando de inspiração. tô amando muito!

  2. Aline comentou:

    Hei, maki! Primeira vez que comento aqui mas leio todos os posts já tem um certo tempo, mas nunca consigo comentar…
    logo no comecinho do post anterior, sobre as coisas que cê gostaria de fazer, a primeira coisa que pensei foi que eu gostaria de saber desenhar, logo, super me identifiquei contigo quando tava lá na sua lista… Daí que cê vem e já me joga na cara esse relato lindo dizendo exatamente tudo que eu digo e penso pra mim mesma. agora fiquei com vergonha porque né? não existe desculpa para não tentar algo só porque a gente ‘acha’ que não sabe… lógico, a gente fica se comparando com o cara que desenha há 15 anos e treina 6 horas por dia.
    enfim, adorei o post e me deu vontadinha de ir junto contigo nessa experiencia!
    bejo bejo

    1. Maki respondeu Aline

      Aline, VEM COMIGO!
      Sério, vamos tirar da cabeça essa ideia que a gente não consegue. E ó, nem precisa sentir vergonha por perceber isso. Todo mundo pensa assim. O legal é agora você percebeu e pode fazer alguma coisa pra mudar entende? Se você começar a desenhar mesmo, me manda algumas fotos pra eu ver o seu progresso!
      Beijos!

  3. Paula comentou:

    Oi, Maki!!! Adorei o post. É bem isso mesmo. A gente se poda tanto achando que os outros vão achar X ou Y, mas quem tá sendo crítico ao extremo, no final das contas, somos nós mesmos! E a gente não precisa ser o melhor em tudo, a gente precisa curtir e se sentir bem com aquilo. E a NOSSA admiração pelo que fazemos é a que mais vale, né? :) Com relação especificamente ao desenho, também morro de vontade de voltar a desenhar! Desenhava muuuito quando criança, fazia histórias em quadrinhos, etc., tanto que virei arquiteta (na faculdade aprendi que projetar vai muuuito além de desenhar Rsrs), mas abandonei o desenho (não-técnico) na infância. Hoje eu sinto que não tenho um estilo próprio de desenho… Ainda! Tenho que praticar para descobrir, né? Obrigada por me lembrar da importância da prática e por me dar aquele empurrãozinho que tava me faltando! Quero voltar à ativa já!!! Rs :D Beijos, beijos!!! Paula.

    1. Maki respondeu Paula

      Oi, Paula!
      Poxa, que incrível! Volta a desenhar mesmo, tenho certeza que vai ser demais e você vai achar o seu estilo num piscar de olhos!
      E você tem razão, a gente vive se podando e não abre espaço pro que pode ser, pro que pode acontecer e pro que a gente pode descobrir, né? Boa sorte com os seus desenhos! E se quiser/puder me manda foto pra eu ver como tá ficando!

deixe seu comentário