Três filmes de romance para ver

Sem querer parecer clichê, mas já sendo, filmes de romance são os meus preferidos. Eu sou doida com esse gênero porque sou bem coração mole e gosto de suspirar no cinema, apesar de apreciar algumas explosões vez ou outra.

Eu tenho diversas listas de filmes preferidos (assim como os livros!), mas percebi que a predominância é por filmes românticos. Sim, sou uma romântica incurável, me processem! Dessas minhas listas, tem três filmes que, eu já percebi, eu revejo de tempos em tempos simplesmente porque os amo de paixão!

filmes-de-romance

filme-de-romance-1

SR. DARCY PEDE PRA CASAR COMIGO! Vocês vão ter que me perdoar, mas Orgulho e Preconceito é um dos meus filmes preferidos de todos os tempos, porque é lindo de viver. Claro que eu também li a obra de Jane Austen e ela está bem alta na minha lista, mas eu não resisto à carinha de sofrimento que o Matthew Macfadyen/Sr. Darcy faz toda vez que a Keira Knightley/Lizzie Bennet dá um toco. E, vamos combinar, a história desses dois é linda, e a Lizzie é uma das personagens mais maravilhosas que eu já vi no cinema e na literatura! Só amor!

filme-de-romance-2
Descobri esse filme meio sem querer, porque a impressão que eu tive é que ele nunca estreou no Brasil. Questão de Tempo conta a história de Tim (Domhall Gleeson), um jovem que descobre que tem o poder de viajar no tempo, para o passado, para rever acontecimentos da própria vida. O objetivo dele no momento é conseguir uma namorada, que aparece em Mary, interpretada pela incrível Rachel McAdams. Esse filme foi uma surpresa maravilhosa, já que eu tinha certeza que não ia gostar depois que vi A Mulher do Viajante do Tempo, também com a Rachel, e que achei bem fraco. Mas chorei tanto com a lindeza e delicadeza desse filme, que de tempos em tempos eu revejo simplesmente para lembrar da mensagem maravilhosa que ele traz. Vale a pena ver!

filme-de-romance-3

Tudo bem que Moulin Rouge está mais para uma tragédia, um belo de um drama, do que para um filme de romance, mas eu sou encantada com essa história. A busca do amor pelo Christian, papel do Ewan McGregor, é algo com o qual eu me identifico muito, e o amor proibido dele com a Satine (Nicole Kidman – uma das mulheres mais divas do planeta!) é muito lindo. É bem triste, também, mas tem seus momentos de alegria que, com certeza, valem por muita coisa. Fora que os arranjos musicais são maravilhosos e o filme em si é muito lindo de se ver. Ele é dirigido pelo Baz Luhrmann, meu diretor preferido!

Vocês gostam desse gênero? Têm alguma indicação de filmes românticos? Eu estou sempre aberta a novas experiências cinematográficas! Aliás, mal posso esperar para ver Simplesmente Acontece, o filme inspirado no livro que eu falei aqui no blog, e que tem Lily Collins no papel principal!

deixe seu comentário